Notícias

Postado em 29 de Setembro de 2017 às 13h21

Exportação de carnes e importação de frutas devem incrementar comércio Brasil-Peru

EXPOMEAT 2019 O fim de barreiras comerciais em pauta (Mapa/Divulgação) De acordo com o site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em novembro, Brasil e Peru devem estreitar...

O fim de barreiras comerciais em pauta (Mapa/Divulgação)

De acordo com o site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em novembro, Brasil e Peru devem estreitar relações comerciais, ampliando a pauta de negociações com a exportação de carne brasileira (destaque para a suína) e importação de frutas peruanas, informou o ministro Blairo Maggi, depois de se reunir com o ministro da Agricultura daquele país, Jose Manuel Calderón.

A abertura do mercado de carnes deverá favorecer estados mais próximo do Peru, como o Acre e Rondônia.
Maggi destacou o potencial do mercado consumidor brasileiro para Calderón, lembrando que o país vive um momento especial com queda da inflação e dos juros e a economia em recuperação. “Para o próximo ano, temos previsão de inflação de 3% a 4%. E os juros, que estavam de 13% a 14% ao ano, já está em 8,25% ao ano. O Brasil voltará a crescer muito rapidamente e a gente sabe que na América do Sul, quando o Brasil vai bem, todos têm a ganhar”, disse ele em nota.

O ministro viajou ao Peru, acompanhado dos secretários de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, e de Relações Internacionais, Odilson Silva, com objetivo de retirar barreiras que dificultam o comércio bilateral. “Os governos se acertam e os mercados decidem se querem ou não querem [comprar]. Os mercados são soberanos nesse processo.”

Em Lima, o ministro participou de seminário empresarial, que teve a presença de representantes de entidades do setor agrícola brasileiro e de governos de estados próximos da fronteira com o Peru. Visitou ainda a Expoalimentaria, uma das maiores feiras de alimentação e de bebidas da América Latina.

Na quinta-feira (28), Maggi viajou à Bolívia para se encontrar com o ministro do Desenvolvimento Rural e Terras local, César Cocarico, e com o vice-ministro de Comércio e Integração, Walter Clarems.

Fonte: Carnetec

Veja também

Esclarecimentos sobre tarifa antidumping China19/02/19 O Ministério do Comércio da China (MOFCOM) anunciou a conclusão do acordo com as agroindústrias brasileiras de carne de frango, em relação à investigação de práticas de dumping, iniciada em agosto de 2017. É importante esclarecer que, embora o governo chinês tenha divulgado a imposição de tarifas de direito......
JBS espera forte desempenho para operações de bovinos nos EUA em 201714/03/17 A JBS espera que seus negócios de carne bovina nos Estados Unidos tenham margens acima do verificado nos últimos anos em 2017, como resultado da recuperação do ciclo de bovinos na região e aumento das......

Voltar para Notícias (pt)