Notícias

Postado em 23 de Janeiro às 11h33

Frigol anuncia novo presidente

EXPOMEAT 2019 A Frigol S.A., quarta maior processadora de carne bovina brasileira, informou na terça-feira (21) que o atual presidente executivo, Luciano Pascon, está deixando a companhia. Pascon ficará na empresa...


A Frigol S.A., quarta maior processadora de carne bovina brasileira, informou na terça-feira (21) que o atual presidente executivo, Luciano Pascon, está deixando a companhia.

Pascon ficará na empresa até 29 de fevereiro, trabalhando na transição do comando para o novo presidente executivo, Marcos Câmara.

“Marcos é um profissional com grande experiência em grandes corporações e chega à Frigol para comandar o processo de crescimento contínuo da empresa”, disse a Frigol em comunicado.

Pascon continuará atuando como conselheiro consultivo da Frigol por período indeterminado. O executivo liderou a companhia durante o período de recuperação judicial finalizado em outubro do ano passado, após a Frigol cumprir a execução do plano de recuperação com credores.

Com sede em Lençóis Paulista (SP), a Frigol também tem operações no Pará e em Goiás. A companhia processa 180 mil toneladas de bovinos e 7 mil toneladas de suínos por ano, segundo informações no site da empresa.

A Frigol atende o mercado interno e também exporta para cerca de 60 países na América do Sul, Europa, África, Oriente Médio e restante da Ásia.

Fonte: Carnetec

Veja também

Abate de vacas aumenta e pode atingir pico em fevereiro16/02/17 O abate de vacas aumentou em fevereiro como consequência dos preços mais competitivos e maior oferta de fêmeas em relação aos machos, informou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), que prevê que o abate de fêmeas alcance o pico neste mês. “A maior participação das fêmeas no abate total ocorre geralmente em......
Brasil exporta volume recorde de carne bovina em 201909/01 O Brasil exportou 1,85 milhão de toneladas de carne bovina em 2019, gerando faturamento de US$ 7,59 bilhões, recordes para o setor impulsionados pela demanda chinesa, disse a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras......

Voltar para Notícias (pt)