Notícias

Postado em 15 de Março às 13h22

Unidade da Seara recebe certificado de compartimentação avícola

EXPOMEAT 2019 A unidade da produtora de carne de frango Seara em Itapiranga (SC) e a de genética do setor de ovos da Hy-Line do Brasil em Nova Granada (SP) receberam na quarta-feira (14) o certificado de compartimentação...

A unidade da produtora de carne de frango Seara em Itapiranga (SC) e a de genética do setor de ovos da Hy-Line do Brasil em Nova Granada (SP) receberam na quarta-feira (14) o certificado de compartimentação emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), na sede da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em São Paulo (SP).

A compartimentação constitui a produção em compartimentos, que mapeiam e isolam plantas e estruturas das granjas. Em uma produção estruturada dessa forma, a reação a uma eventual doença ou epidemia é mais rápida e de mais fácil controle, conferindo maior segurança sanitária à cadeia produtiva.

O sistema também evita a suspensão de compras por importadores caso seja verificado problema sanitário em determinado compartimento, já que este está isolado.

“O Brasil é o único grande produtor no mundo a nunca registrar influenza aviária em seu território. É, também, o primeiro a adotar o modelo compartimentado de produção, que permite respostas mais efetivas em situações sanitárias”, disse o presidente da ABPA, Francisco Turra, em nota.

“São vantagens competitivas determinantes no mercado internacional e que devem fazer o país avançar ainda mais como líder mundial das exportações avícolas. Neste momento de incontáveis desafios para o setor, é fundamental lembrar ao mundo que não somos líderes por acaso.”

Granjas produtoras da empresa de genética avícola Cobb-Vantress também já estão certificadas. Unidades de frangos de corte da BRF, em São Lucas do Rio Verde (GO), e da São Salvador Alimentos, além de produtoras de genética da Aviagen e da Hendrix-Genetics estão em fase final de compartimentação.

Na Seara, o projeto de compartimentação está presente em 21 núcleos de granjas de matrizes, dois incubatórios e no frigorífico de Itapiranga, além da fábrica de rações de São Miguel do Oeste e de Itapiranga, em 283 granjas de frangos de corte e três fábricas de maravalha.

“Trata-se de um projeto estratégico para a sustentabilidade de negócios da companhia, uma vez que o compartimento adota procedimentos com elevado nível de biossegurança”, disse o diretor de Agropecuária da Seara, José Antonio Ribas Junior, em nota.

Os projetos de compartimentação da avicultura no Brasil foram iniciados em 2008, com o apoio da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), segundo a ABPA.

Fonte: Carnetec

Veja também

Mercoagro 2018: lançamento oficial será na próxima semana 05/09/17 MAIOR FEIRA DA INDÚSTRIA DA CARNE DAS AMÉRICAS SERÁ LANÇADA EM CHAPECÓ NO PRÓXIMO DIA 14 Empresários, expositores, apoiadores, autoridades e profissionais de imprensa participarão às 19h30 do dia 14 de setembro, na cantina do Cesec, em Chapecó, do lançamento de uma das maiores feiras técnicas da indústria mundial de......
Três municípios da região de Sorocaba se destacam no setor avícola26/01/17 Capela do Alto, Porto Feliz e Araçoiaba da Serra são as cidades que lideram a avicultura entre 15 municípios da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), segundo o levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e......
Agropecuaristas do Estado constroem o frigorífico mais moderno do Brasil10/02/17 Empresário Antônio Denarium, um dos sócios do Frigo 10, disse que a ideia nasceu da necessidade de se abater o gado em local seguro (Fotos: Antônio Carlos) Investimento já chega a R$ 35 milhões, com previsão......

Voltar para Notícias (pt)