21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 13 de Setembro de 2017 às 08h53

Exportação de carne bovina em agosto tem melhor resultado do ano

EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal As exportações brasileiras de carne bovina estão apresentando recuperação e podem superar 1,5 milhão de...

As exportações brasileiras de carne bovina estão apresentando recuperação e podem superar 1,5 milhão de toneladas em 2017 caso a tendência observada até agosto se mantenha, segundo estimativa da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) divulgada na segunda-feira (11).

“O mercado externo está atravessando um momento muito favorável ao produto brasileiro no momento e que está sendo aproveitado por quase todos os países exportadores que estão elevando suas vendas, principalmente para o mercado chinês”, informou a Abrafrigo em nota.

De janeiro a agosto, as exportações de carne bovina somam 930,4 mil toneladas e US$ 3,8 bilhões.

Em agosto, houve crescimento de 34%, para 145,8 mil toneladas, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic). Já a receita subiu 35%, para US$ 607 milhões.

O resultado alcançado em agosto é o maior mensal neste ano, em volume e receita. “Além disso, o resultado registrado representa o melhor desempenho desde outubro de 2013, em volume, e dezembro de 2014, em faturamento”, informou a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) em nota separada.

A China importou 297,1 mil toneladas de janeiro a agosto, incluindo importações continentais e por Hong Kong, gerando receita de US$ 1,36 bilhão, segundo dados compilados pela Abrafrigo.

A Rússia está na segunda posição, com compra de 103,4 mil toneladas e receita de US$ 333 milhões no período. Em terceiro lugar, está o Egito, com 83,4 mil toneladas, seguido do Irã (75,2 mil toneladas).

“Cabe lembrar que, ainda como resultado da Operação Carne Fraca e dos problemas que o setor vem enfrentando desde o início do ano, as vendas para a maior parte dos países que formam a Europa Ocidental estão bem abaixo do esperado”, informou a Abrafrigo.

Fonte: Carnetec

Veja também

Desempenho exportador das carnes na terceira semana de abril24/04/20 Os dados da SECEX/ME divulgados na última segunda-feira indicam que enquanto as exportações das carnes bovina e suína seguiram crescentes em relação a abril de 2019 - pela média diária embarcada nos 12 primeiros dias úteis do mês, aumento de 4,26% e 21,78%, respectivamente – as de carne de frango enfrentam ligeiro decréscimo......

Voltar para Notícias (pt)