EXPOMEAT
de 15 a 17 de Março de 2022

Em breve divulgaremos a nova data que está sendo negociada junto ao Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 27 de Outubro de 2020 às 11h04

Custos de produção de aves e suínos sobem mais de 25% no ano

Notícias do Setor (664)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal Os custos de produção de frangos de corte e suínos medidos pela Central de Inteligência de Aves e Suínos da...

Os custos de produção de frangos de corte e suínos medidos pela Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa (Cias) subiram 27,44% e 25,7% nos nove primeiros meses de 2020, superando 300 pontos pela primeira vez desde que foram criados, informou a Cias/Embrapa em comunicado.

Os índices foram criados em 2011, quando ambos valiam cem pontos.

Em setembro, o custo de produção de suínos medido pelo ICPSuíno subiu 6,43% em relação ao mês anterior, para 306,95 pontos.

O ICPFrango subiu 6,88% em setembro para 301,91 pontos.

O custo de nutrição, impactado pela alta nos preços dos grãos, foi o principal fator a influenciar no aumento dos custos de produção de aves e suínos neste ano.

No acumulado dos últimos 12 meses, o ICPSuíno sobe 33,21% e o ICPFrango sobe 31,29%.

O custo por quilo vivo de suíno produzido em sistema de ciclo completo em Santa Catarina chegou a um novo patamar recorde de R$ 5,37 em setembro. Já o custo de produção do quilo do frango de corte vivo no Paraná subiu para R$ 3,90 no mês passado.

Os custos nos estados de Santa Catarina e Paraná são usados como referência nos cálculos por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte.

EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal Fonte: Cias/Embrapa

Fonte: Cias/Embrapa

EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal Fonte: Cias/Embrapav

Fonte: Cias/Embrapav

Fonte: Carnetec

Veja também

Marfrig: National Beef irá aumentar capacidade em planta de 1,1 mil cabeças/dia para 2,5 mil22/03 A Marfrig informou ao mercado que sua subsidiária, National Beef, vai aumentar a capacidade de sua unidade de abate Iowa Premium de 1,1 mil cabeças/dia para 2,5 mil cabeças por dia, por meio de um investimento de US$ 100 milhões, possibilitando adotar mais um turno de produção. A companhia diz que o projeto está previsto para ser concluído no fim de 2022,......

Voltar para Notícias (pt)