EXPOMEAT
de 15 a 17 de Março de 2022

Das 14h às 20h
Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 03 de Agosto às 12h29

Marfrig adota blockchain para ampliar monitoramento da cadeia de produção

Notícias do Setor (668)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A Marfrig lançará em agosto um sistema que usa blockchain para ampliar o monitoramento de fornecedores de gado e para...

A Marfrig lançará em agosto um sistema que usa blockchain para ampliar o monitoramento de fornecedores de gado e para alcançar a meta de uma cadeia de produção livre de desmatamento até 2030.
A Conecta é uma plataforma blockchain na qual produtores poderão se cadastrar e incluir dados de suas propriedades e dos rebanhos, como certificações socioambientais exigidas para permitir o fornecimento à Marfrig, entre outros.
O projeto está em fase de implementação e será disponibilizado a todos os produtores a partir de agosto. A adesão ao aplicativo será voluntária.
“O objetivo é estabelecer uma ferramenta robusta que seja a principal aliada ao dia a dia dos nossos parceiros, trazendo mais eficiência e rentabilidade”, disse o diretor de Sustentabilidade e Comunicação da Marfrig, Paulo Pianez.
“Por meio da Conecta, além de prestar informações relevantes para o fornecimento à Marfrig, os produtores terão acesso a uma melhor gestão do seu negócio, com inclusão dos dados de produtividade das propriedades e rebanhos.”
A Marfrig monitora atualmente 50 mil parceiros em todo o Brasil, ou 100% dos fornecedores diretos de gado, além de 62% dos produtores indiretos da cadeia no bioma Amazônia e 47% da cadeia no Cerrado. A empresa lançou em 2020 o Programa Marfrig Verde+, que visa ampliar o monitoramento para garantir que a cadeia de fornecimento esteja livre de desmatamento até 2030.
A processadora de carne bovina já utiliza um sistema de geomonitoramento via satélite, em tempo real, nos biomas Amazônia e Cerrado, para identificar irregularidades e adota um protocolo de compra de gado que cruza as informações solicitadas aos fornecedores com dados públicos.
Com a plataforma Conecta, a Marfrig terá mais uma ferramenta para monitoramento e verificação dos produtores, dando suporte para que pecuaristas possam regularizar sua atividade.
“O Conecta é uma plataforma em que o produtor disponibiliza suas informações. Como retorno, o produtor pode ter indicação de programas desenvolvidos para a Marfrig que sejam mais aderentes ao perfil das suas propriedades conforme a região em que estão localizadas”, disse Pianez.
A plataforma Conecta é dividida em duas ferramentas: o Conecta Mobile, aplicativo para celular em que o produtor pode gerir suas propriedades, e o Conecta Web, site onde o produtor, a Marfrig e parceiros escolhidos pelo produtor consultam dados e podem apoiar o produtor a solucionar eventuais pendências.
A Marfrig disse que pretende ampliar a funcionalidade da Conecta no futuro, inserindo outros públicos, como clientes das redes de varejo e restaurantes, além de financeiras e empresas do ramo de insumos.
Fonte: CarneTec

Veja também

Faturamento com exportações de carnes de SP sobe 9,7% de jan-julho09/09 A receita com exportações de carnes do estado de São Paulo somou US$ 1,4 bilhão nos sete primeiros meses do ano, alta de 9,7% em relação ao mesmo período do ano passado, impulsionada pelas vendas de carne bovina, disse o Instituto de Economia Agrícola (IEA). A carne bovina respondeu por 86,5% desse faturamento, disse o IEA em nota. As......
Exportações de carne para a China crescem 72%20/10/20 Com base em dados da alfândega da China, a agência Reuters divulgou um balanço das exportações feitas até o mês o setembro. O acumulado mostra um aumento de 72% dos embarques em relação ao acumulado......

Voltar para Notícias (pt)