Notícias

Postado em 05 de Fevereiro às 18h17

Abertura de mercado para exportações brasileiras de bovinos vivos para a Malásia

Nome Categoria (46)

O Governo brasileiro recebeu com satisfação, por meio da Embaixada do Brasil em Kuala Lumpur, a informação de que será aberto o mercado da Malásia às exportações brasileiras de bovinos vivos para abate. A medida foi tomada após a aprovação dos requisitos sanitários negociados coordenadamente pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e pelo Ministério das Relações Exteriores, no lado brasileiro, e pelo Ministério da Agricultura e Agroindústria da Malásia.

A decisão reforça a posição do Brasil como um dos líderes mundiais na exportação de proteína animal e representa um passo importante para o aprofundamento das relações comerciais com a Malásia. O país asiático tem mais de 30 milhões de habitantes e importa cerca de 80% da carne bovina que consome.

O Governo brasileiro seguirá negociando com o governo da Malásia a exportação de gado vivo para reprodução, bem como a expansão das habilitações para exportação de carne de aves e de carne bovina.

Fonte: Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e o de Relações Exteriores

Veja também

Mapa busca ampliar vendas de carnes em missão à Ásia e Arábia Saudita23/09/18 Uma missão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) visita países na Ásia e a Arábia Saudita, entre os dias 16 de setembro e 1º de outubro, visando ampliar e manter o comércio de carnes, segundo informações divulgadas pelo ministério na sexta-feira (14). No Vietnã, o Mapa buscará negociar a......
INOVAÇÃO - EXPOMEAT 2017: TECNOLOGIA PARA O SETOR DE PROTEÍNA ANIMAL09/05/17 Os Principais players mostrarão inovação do setor que movimenta mais de 360 milhões de dólares. Durante a EXPOMEAT - Feira Internacional de Processamento e Industrialização de Aves, Bovinos, Ovinos,......
Exportações de carne bovina sobem 5,2% no ano08/11/17 As exportações brasileiras de carne bovina somam 1,2 milhão de toneladas de janeiro a outubro deste ano, alta de 5,2% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Associação Brasileira......

Voltar para Notícias (pt)