Notícias

Postado em 04 de Agosto de 2017 às 15h24

Aurora Alimentos tem perda de R$ 2,5 milhões com roubos de cargas em 12 meses

Por Anna Flávia Rochas em 25/07/2017

A Aurora Alimentos teve prejuízo de R$ 2,5 milhões relacionado ao roubo de 65 cargas de produtos cárneos nos últimos 12 meses, totalizando 362 mil quilos, informou a companhia na segunda-feira (24).

Metade dos roubos ocorreu no estado do Rio de janeiro (32 cargas), 20 cargas foram saqueadas em São Paulo, três na Bahia, quatro em Minas Gerais, duas em Santa Catarina, três no Paraná e duas em Mato Grosso do Sul.

“O roubo de cargas representa um prejuízo fatal para muitas empresas, encarece o seguro, dificulta o transporte, inflaciona o preço final de muitos produtos e destrói o ambiente de negócios”, disse o presidente da Aurora Alimentos, Mário Lanznaster, em nota, na qual pede uma política nacional integrada de combate ao crime.

A agroindústria produtora de carnes de frango, suína e de ovos teve prejuízo de R$ 38,5 milhões em 2016 com roubo de cargas, sendo que 3,9 mil toneladas de produtos foram desviadas, segundo levantamento divulgado pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) em maio.

O problema já foi apresentado ao Ministério da Justiça pela ABPA, que pediu ações contra esses crimes.

Outro levantamento realizado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) aponta que as indústrias como um todo no Brasil sofreram prejuízos de R$ 6,1 bilhões entre 2011 e 2016 devido ao roubo de cargas.



Fonte: Carnetec

Veja também

Solução inovadora para desossa de paleta e pernil suínos08/02/17 A DeboFlex é uma solução inovadora da Marel para a desossa de paleta e pernil suíno. A desossa suína tradicional é baseada principalmente em linhas de produção onde os produtos são transportados em uma esteira em um fluxo aleatório, às vezes caótico, e trabalhado por uma equipe de operadores altamente qualificados. A......
JBS reabre unidade de abate e desossa de bovinos em Goiânia11/01/18 A JBS reabriu sua unidade de abate e desossa de bovinos em Goiânia (GO) na sexta-feira (05), após um período de 90 dias parada para reforma na infraestrutura e equipamentos da planta, informou a empresa na terça-feira (09).......

Voltar para Notícias (pt)