Notícias

Postado em 16 de Novembro de 2017 às 16h44

Garantia de abate halal deve aumentar exportação a países muçulmanos

EXPOMEAT 2019 (Mapa) divulgou nesta semana que encaminhará à Congregação Fikh, entidade de jurisprudência muçulmana, estudo que comprova a aplicação no Brasil do método halal. A...

(Mapa) divulgou nesta semana que encaminhará à Congregação Fikh, entidade de jurisprudência muçulmana, estudo que comprova a aplicação no Brasil do método halal.

A medida deverá facilitar negócios e ampliar as exportações brasileiras de carne de frangos e de bovinos para mais de 50 países que integram a congregação.

O ministro interino do Mapa, Eumar Novacki, comprometeu-se a enviar estudo realizado pela Embrapa e pela USP sobre abate que atende a princípios religiosos desses países.

Novacki recebeu comitiva integrada pelo secretário-geral da Congregação Fikh, Abdel Salam Al Abadi, pelo primeiro conselheiro da Liga Mundial Muçulmana, Abdul Al Aziz Mohamad Al Souli, e pelo vice-presidente do Centro de Divulgação do Islã para a América Latina (Cdial Halal), Ali Ahmad Saifi.

Em São Paulo, no fim de semana, a comitiva participou do primeiro congresso halal do Brasil.

O questionamento ao ministro foi quanto à confirmação formal da prática de abate, em complemento a visitas técnicas já realizadas a empresas brasileiras exportadoras. Os muçulmanos fazem questão de informações científicas e oficiais de governo.

Fonte: Carnetec

Veja também

Abate de bovinos sobe 3,8% em 2017, de suínos bate recorde e de frangos cai22/03/18 Os abates de bovinos no Brasil somaram 30,83 milhões de cabeças no ano passado, alta de 3,8% ante 2016, o primeiro crescimento anual após três anos consecutivos de queda, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na quarta-feira (21). Em 2016, os abates de bovinos no Brasil tinham caído 3,2%, ante 2015, refletindo a baixa......
Empresas vão investir R$ 160 milhões em Maringá e Cianorte10/12/18 A Avenorte Avícola, de Cianorte, e a FA Maringá, de Maringá, confirmaram novos investimentos para o Noroeste do Estado por meio de incentivos do programa Paraná Competitivo. O protocolo de intenções foi assinado nesta......

Voltar para Notícias (pt)