Notícias

Postado em 04 de Abril às 13h35

NovaProm, da JBS, vai exportar ingrediente funcional bovino para EUA

Notícias do Setor (181)
Expomeat 2017 A NovaProm, empresa produtora de colágeno bovino da JBS S.A., irá exportar um novo ingrediente funcional à base de carne e derme bovina para os Estados Unidos, após investir R$ 9 milhões no...

A NovaProm, empresa produtora de colágeno bovino da JBS S.A., irá exportar um novo ingrediente funcional à base de carne e derme bovina para os Estados Unidos, após investir R$ 9 milhões no desenvolvimento do produto, informou a empresa na terça-feira (03).

O NDBS (Natural Dehydrated Beef Stock) foi desenvolvido exclusivamente para o mercado norte-americano. A NovaProm espera exportar até 50 toneladas desse ingrediente aos EUA neste ano e 2 mil toneladas nos próximos dois anos, o que deverá elevar o faturamento da companhia em 20%.

Em menos de três anos, a empresa espera obter o retorno do investimento realizado para produzir o ingrediente, segundo diretor da NovaProm, Walter Lene.

O NDBS é geralmente aplicado em produtos industrializados, como carne desidratada e embutidos, mas pode também ser usado em alimentos naturais, com o objetivo de elevar o valor nutritivo, sabor, suculência, maciez e o valor agregado do produto final.

“Há uma exigência do consumidor, principalmente norte-americano, quanto ao menor uso de aditivos nos alimentos. O NDBS atende a essa necessidade, o que o torna muito estratégico para o nosso negócio”, disse Lene, em comunicado enviado à imprensa.

O NDBS será fabricado na unidade da NovaProm Guaiçara, São Paulo.

A NovaProm – Collagen & Food Ingredients foi fundada em 2002 e é parte da JBS Novos Negócios. A empresa tem capacidade de produção anual de 5 mil toneladas de colágeno e 4 mil toneladas de ingredientes funcionais para produtos industrializados, e atualmente exporta para clientes em cerca de 20 países.

Fonte: Carnetec

Veja também

Custos de produção de frangos e suínos voltam a subir em novembro, caem no ano20/12/17 Os custos de produção de suínos e aves calculados pela Central de Inteligência de Aves e Suínos (Cias) da Embrapa apresentaram alta em novembro, diante do aumento nos custos de grãos usados para nutrição animal, divulgou a Cias na segunda-feira (18). O índice que mede o custo de produção de suínos, ICPSuíno/Embrapa,......
Crise de escassez de milho não se repetirá em 201712/01/17Milho suficiente e a preços compatíveis para agroindústrias da carne e para os produtores rurais garante tranquilidade ao agronegócio de SC em 2017 O mercado agrícola catarinense não viverá, neste ano, o drama da escassez acentuada de milho e o encarecimento da produção de carnes que, em 2016, derrubou a rentabilidade das indústrias de processamento de aves e de......

Voltar para Notícias (pt)