EXPOMEAT
É ADIADA PARA 2022

Em breve divulgaremos a nova data que está sendo negociada junto ao Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 19 de Janeiro às 10h41

Governo do Paraná espera alta na produção e exportação de carnes em 2021

Notícias do Setor (652)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal O Paraná deve elevar sua produção total de carnes em cerca de 5% em 2021, na comparação com 2020,...


O Paraná deve elevar sua produção total de carnes em cerca de 5% em 2021, na comparação com 2020, impulsionada pela abertura de novos mercados para exportações esperada para este ano, informou a Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento.

O estado deverá produzir cerca de 6,07 milhões de toneladas de carnes (bovina, suína e de frango) neste ano.

A produção paranaense de carne suína deve somar 950 mil toneladas em 2021, ante 920 mil em 2020. O volume de produção de carne de frango deve subir para 4,75 milhões de toneladas, ante 4,5 milhões em 2020. Já a produção paranaense de carne bovina em 2021 é estimada em 370 mil t, ante 360 mil no ano passado.

“A tendência é otimista para 2021, apesar das incertezas com o fim do auxílio emergencial e as datas da imunização em massa da população, o que garantirá retomada mais vigorosa das atividades econômicas, principalmente aquelas ainda impactadas pelas medidas restritivas, como o turismo”, disse a Secretaria em nota na quinta-feira (14).

O governo do Paraná também espera que o reconhecimento de área livre de febre aftosa sem vacinação seja outorgado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) neste ano, colaborando para abertura de novos mercados para as carnes do estado.

“O status sanitário internacional permitirá ao Paraná praticamente dobrar as exportações de carne suína, por exemplo. Isso pode acontecer em caso de o estado conquistar apenas 2% do mercado potencial, liderado por Japão, México e Coreia do Sul, que pagam mais pelo produto com reconhecida qualidade sanitária. A Ásia e África também responderão por grande parte do crescimento demográfico..”

A Secretaria de Agricultura do estado estima que as exportações de carne de frango paranaenses em 2020 somaram 1,66 milhão de toneladas, as de carnes suína ficaram em 127 mil t e as de carne bovina, 25,8 mil t.

O Paraná, maior estado produtor de carne de frango e o segundo principal de carne suína do Brasil, foi responsável por 39,6% das exportações nacionais de carne de frango em 2020 e por 12,9% das exportações de carne suína.

Fonte: CarneTec

Veja também

Pif Paf Alimentos é 1º lugar em ranking de governança corporativa16/02 A transparência e a ética na gestão, associadas à adoção das melhores práticas de governança e responsabilidade socioambiental em todos os seus processos de produção, renderam um importante reconhecimento à Pif Paf Alimentos. A companhia mineira informou que conquistou o primeiro lugar no ranking de governança corporativa, no......

Voltar para Notícias (pt)