EXPOMEAT
de 15 a 17 de Março de 2022

Das 14h às 20h
Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 24 de Abril de 2020 às 16h02

Minerva diz que plantas que estavam em férias coletivas retomaram atividades

Notícias do Setor (668)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A Minerva Foods disse que todas suas unidades estão operando normalmente com o retorno às atividades nas plantas que entraram em...

A Minerva Foods disse que todas suas unidades estão operando normalmente com o retorno às atividades nas plantas que entraram em férias coletivas em março, informou a assessoria de imprensa do grupo.

A Minerva tinha anunciado em meados de março que concederia férias coletivas de até 20 dias para funcionários em quatro de suas plantas no Brasil, em meio a um cenário de queda de demanda.

As férias coletivas ocorreram nas plantas de processamento de carne bovina em Janaúba (MG), José Bonifácio (SP), Mirassol D'Oeste (MT) e Paranatinga (MT).

A JBS, que tinha anunciado férias coletivas de até 20 dias para cinco plantas brasileiras em meados de março, disse por meio da assessoria de imprensa na quinta-feira (23) que as atividades da companhia seguem normalmente, sem dar detalhes sobre a retomada das atividades nas plantas.

Quando anunciou as férias coletivas em cinco unidades processadoras de carne bovina no Brasil em março, a JBS disse em nota que a medida era “em resposta à menor demanda de exportação”.

A demanda doméstica por carne bovina está baixa, afetada pela crise econômica e as medidas de combate ao coronavírus, mas as exportações colaboram para sustentar preços, segundo analistas e dados de mercado.

Segundo a Scot Consultoria, a média dos preços de cortes bovinos no mercado atacadista cai 0,07% em relação à semana passada, mas ainda é 15% superior ao preço registrado no mesmo período do ano passado.

Fonte: Carnetec

Veja também

SC completa cinco anos do reconhecimento internacional como zona livre de peste suína clássica01/06/20 Maior produtor nacional de suínos, Santa Catarina comemora cinco anos como zona livre de peste suína clássica. Em 28 de maio de 2015, catarinenses e gaúchos receberam a certificação da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como a primeira zona brasileira livre da doença. "Em Santa Catarina o trabalho conduzido pela Secretaria da......

Voltar para Notícias (pt)