EXPOMEAT
de 15 a 17 de Março de 2022

Das 14h às 20h
Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 15 de Setembro às 11h10

Abate de frangos atinge patamar recorde para 2º trimestre

Notícias do Setor (668)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal No 2º trimestre de 2021, foram abatidas 1,52 bilhão de cabeças de frangos, representando aumento de 7,8% em...

No 2º trimestre de 2021, foram abatidas 1,52 bilhão de cabeças de frangos, representando aumento de 7,8% em relação ao mesmo período de 2020 e queda de 3,0% na comparação com o 1° trimestre de 2021.
Esse resultado significou o melhor 2º trimestre na série histórica, iniciada em 1997. Entre os meses, destaque para maio, com 519,54 milhões de cabeças abatidas.
O desempenho das exportações de carne de frango influenciou positivamente o resultado, já que alcançaram o melhor patamar desde o terceiro trimestre de 2018.
O abate de 110,47 milhões de cabeças de frangos a mais em relação a igual período de 2020, foi determinado pelo aumento no abate em 21 das 25 Unidades da Federação.
Entre aquelas com participação acima de 1,0%, ocorreram aumentos em: Paraná (+31,60 milhões), Goiás (+25,68 milhões), Rio Grande do Sul (+20,56 milhões), São Paulo (+6,90 milhões), Santa Catarina (+5,78 milhões), Minas Gerais (+4,81 milhões), Mato Grosso do Sul (+3,89 milhões), Bahia (+3,31 milhões), Pernambuco (+1,84 milhão) e Pará (+1,71 milhão).
Em contrapartida, a queda mais expressiva ocorreu em Mato Grosso (-1,74 milhão de cabeças).
No ranking das UFs, Paraná ainda lidera amplamente o abate de frangos, com 33,7% da participação nacional, seguido por Rio Grande Sul (13,2%) e Santa Catarina (13,2%).
Fonte: IBGE

Veja também

Produção nacional de carnes deve crescer 24% nos próximos 10 anos, diz estudo14/07 A produção de carnes bovina, suína e de aves entre 2020/21 e 2030/31 deverá aumentar em 6,6 milhões de toneladas, alta de 24,1%, informou o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) na quarta-feira (07). As carnes suína (+25,8%) e de frango (+27,7%) são as que devem apresentar maior crescimento nos próximos dez anos.......

Voltar para Notícias (pt)