09 A 11
DE novembro DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 06 de Fevereiro de 2020 às 16h04

Aurora eleva faturamento em 20% em 2019 com forte alta nas exportações

Notícias do Setor (571)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A Aurora Alimentos registrou receita bruta de R$ 10,9 bilhões em 2019, 20% maior que em 2018, com forte crescimento nas vendas para...

A Aurora Alimentos registrou receita bruta de R$ 10,9 bilhões em 2019, 20% maior que em 2018, com forte crescimento nas vendas para mercados externos, informou a empresa na terça-feira (04).

A sobras – lucros distribuídos entre os cooperados – ficaram em 5,48% no ano passado. Em 2018, a Aurora tinha contabilizado R$ 153 milhões em perdas.

“O mercado interno continuou absorvendo a maior parte da produção, porém, o mercado externo exerceu um papel exponencial nos resultados da Aurora e respondeu por 30% das receitas obtidas em 2019 e 26% dos volumes produzidos”, disse a Aurora em comunicado.

As vendas no mercado doméstico somaram R$ 7,9 bilhões, alta de 12%. Já a receita das exportações subiu 46,8% para R$ 3,3 bilhões.

As exportações de aves corresponderam a 62,4% da receita da empresa no mercado externo, ou R$ 2 bilhões. Os embarques de suínos geraram R$ 1,23 bilhão em faturamento.

Em volume, os embarques totais de carnes da Aurora no ano passado somaram 387,1 mil toneladas, aumento de 15,8% ano a ano.

A Aurora direcionou 57% de sua carga de exportações para o mercado asiático, no qual os casos de peste suína africana resultaram em “uma demanda sem precedentes” por proteína animal, segundo a empresa.

O crescimento da demanda impulsionou a produção da cooperativa, que abateu 5,26 milhões de suínos em suas sete unidades industriais no ano passado, um aumento de 3,54% ano a ano.

A produção de carne suína in natura somou 448,2 mil toneladas, alta de 5,5%, e a industrialização e processamento desta carne aumentou em 5,2%, para 365,4 mil toneladas.

Já a produção de carne de aves in natura atingiu 489,6 mil toneladas, alta de 4,8%. A industrialização de carne de aves somou 56 mil toneladas, crescimento de 4,3% ante 2018.

A participação da Aurora no mercado de proteína animal brasileiro ficou em 12,7%, segundo dados do instituto de pesquisa e auditoria de mercado Nielsen Retail citados pela Aurora.

A cooperativa ainda anunciou que pretende aplicar cerca de R$ 400 milhões em um programa de investimentos em 2020. Segundo a Aurora, essa decisão reflete otimismo com condições “extremamente favoráveis do comércio internacional” e com as perspectivas de retomada do desenvolvimento econômico.

Fonte: carnetec

 

Veja também

Santa Catarina alcança US$ 2 bilhões com exportações de carnes em 202009/10/20 O agronegócio segue como o carro-chefe das exportações de Santa Catarina em 2020. De janeiro a setembro o estado faturou US$ 2 bilhões com os embarques de carne suína e de frango, o que representa mais de 1,12 milhão de toneladas vendidas para outros países neste ano. A suinocultura vem sendo o destaque e os catarinenses ampliaram em 26,2% a quantidade exportada em......
BRF testa drones para entregas em granjas integradas26/05 A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, realizou em Toledo, no Paraná, a primeira entrega de material genético a produtor integrado feita por meio de um drone. No teste, que marca o pioneirismo da BRF, o drone entregou doses de......

Voltar para Notícias (pt)