09 A 11
DE novembro DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 15 de Dezembro de 2020 às 12h00

BRF quer liderar mercado de pratos prontos, aumentar presença internacional

Notícias do Setor (571)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A BRF anunciou na terça-feira (08) um plano de crescimento que visa elevar a receita líquida para R$ 100 bilhões em 2030, com...

A BRF anunciou na terça-feira (08) um plano de crescimento que visa elevar a receita líquida para R$ 100 bilhões em 2030, com aumento da participação no mercado de pratos prontos (ready meals), de produtos de valor agregado e da presença local em mercados no exterior.

“Vamos continuar oferecendo alimentos cada vez mais práticos, convenientes e com qualidade, no momento que consumidores quiserem, onde quiserem e da forma que quiserem”, disse o presidente da empresa, Lorival Luz, durante o BRF Day, evento online no qual a empresa apresentou as novas metas.

“Vamos transformar e liderar o mercado de ready meals...este é um mercado com potencial de chegar a pelo menos R$ 16 bilhões, ou seja, mais de quatro vezes o seu tamanho atual.”

O executivo disse que a BRF também pretende “revolucionar o mercado de suínos de valor agregado”, expandir a presença local em mercados internacionais e ser líder no segmento de produtos para animais de estimação (mercado pet) no Brasil.

A BRF também vai investir no segmento de mercados substitutos de proteína animal. “Vamos acompanhar as novas tendências e liderar essa transformação”, disse Luz.

Fases do plano
A estratégia de crescimento da BRF será dividida em três fases, somando um investimento total de R$ 55 bilhões até 2030, com limite de alavancagem financeira líquida medida por dívida líquida/Ebitda em até 3 vezes.

Na primeira etapa, entre 2021 e 2023, a empresa focará na diversificação de geografias, na liderança do mercado de pratos prontos no Brasil, em elevar o consumo de suínos no país, avançar no mercado de produtos para pets e retomar o pagamento de dividendos para acionistas. Nessa fase, a empresa pretende dobrar a receita líquida anual para R$ 65 bilhões.

Na segunda fase do plano, de 2024 a 2026, a BRF dará continuidade aos investimentos, consolidará o pagamento de dividendos e elevará a receita gerada com produtos de valor agregado no mercado internacional.

Na terceira fase, de 2027 a 2030, a empresa entrará numa fase de maturação das iniciativas, com aceleração da captura de valor econômico, elevando o portfólio de produtos de valor agregado para mais de 70% do total.

“Estamos seguros quanto ao futuro da nossa companhia. Vamos fazer da BRF ainda maior e melhor”, disse Luz.



Fonte: Carnetec

 

Veja também

Minerva: unidade em Palmeiras de Goiás (GO) vai poder exportar carne bovina para Tailândia27/05/20 A Minerva, líder na América do Sul na exportação de carne bovina, informa por meio de Comunicado ao Mercado que a sua unidade de Palmeiras de Goiás (GO), com capacidade diária de abate de 2 mil cabeças de gado bovino, recebeu habilitação para exportar para a Tailândia, conforme notificação do Ministério da Agricultura, que......
Por que a China compra tanta carne?09/06 Em 2020, os exportadores de carnes brasileiras comemoraram as vendas em alta. Os embarques de carnes de frango somaram 4,2 milhões de toneladas, de suínos foram 1 milhão de toneladas, e de bovinos, 2,3 milhões de toneladas. Juntos,......

Voltar para Notícias (pt)