21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 24 de Março de 2020 às 14h07

Carnes/China: importação aumenta 69,6% no primeiro bimestre de 2020, para 1,25 milhão de toneladas

Notícias do Setor (306)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal As importações chinesas de carnes e miúdos totalizaram 1,25 milhão de toneladas no primeiro bimestre deste ano, volume...

As importações chinesas de carnes e miúdos totalizaram 1,25 milhão de toneladas no primeiro bimestre deste ano, volume 69,6% maior que o adquirido em igual período do ano anterior, informou o Departamento de Alfândegas da China (GACC, na sigla em inglês). A despesa com a importação do produto aumentou 120,7%, atingindo US$ 4,64 bilhões no bimestre.

As importações de carne suína foram as que registraram maior alta. Em janeiro e fevereiro deste ano, a China adquiriu 560 mil toneladas, volume 158,1% superior ao comprado no mesmo período do ano passado. O custo aumentou 370,1%, para US$ 1,75 bilhão.

De carne bovina, o país asiático importou 300 mil toneladas no bimestre, alta de 41,6% na comparação anual. O valor importado aumentou 77,6%, para US$ 1,69 bilhão.

O aumento das importações chinesas de carnes ocorre em meio à crise que o país enfrenta na procura de alternativas para o suprimento de proteína animal, como consequência do avanço da peste suína africana (ASF, na sigla em inglês) sobre o seu rebanho.

Fonte: BroadCast Agro

Veja também

BRF anuncia 16 tecnologias com alto potencial de redução de desperdício e segurança dos alimentos13/03/20 A BRF anunciou que vai apresentar as 16 tecnologias selecionadas na primeira edição do “EMERGE Labs BRF”, programa de inovação da companhia, que atrai acadêmicos empenhados em criar soluções para redução de desperdício e segurança dos alimentos. A apresentação ocorre nesta terça-feira, em evento para......
Mercado de suínos aquecido e com cotações subindo27/10/20 As cotações no mercado de suínos continuaram em ascensão ontem, terça-feira (20). De acordo com análise do Cepea/Esalq, a oferta ainda restrita de animais em peso ideal para abate e o incremento na demanda por parte......

Voltar para Notícias (pt)