EXPOMEAT
de 15 a 17 de Março de 2022

Das 14h às 20h
Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 28 de Julho de 2020 às 11h09

China deve dobrar demanda por carne bovina

Notícias do Setor (668)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A China projeta um aumento do consumo da carne bovina e volume pode dobrar nos próximos sete anos. A expectativa é de que o...

A China projeta um aumento do consumo da carne bovina e volume pode dobrar nos próximos sete anos. A expectativa é de que o país asiático chegue a algo próximo dos 8 milhões de toneladas antes do fim da década.

Durante transmissão ao vivo da reunião do Conselho Empresarial Brasil-China, o ministro conselheiro da Embaixada da China no Brasil, Qu Yuhui declarou que o fortalecimento das relação entre ambos países, no entanto, exige maior agressividade, paciência e energia do empresariado brasileiro nas negociações.

“Os empresários brasileiros precisam ser mais agressivos no mercado chinês e evitar o imediatismo. Têm que pensar em longo prazo, insistir em marketing e entender melhor o consumidor chinês. E tem que gastar mais energia em procurar parceiros locais para que as cadeias de comércio e produção possam ser mais integradas entre China e Brasil”, afirmou

“Hoje, o chinês consome 4 quilos de carne bovina por ano. Ainda é muito pouco. A estimativa é que até 2027 a importação chinesa de carne bovina chegue a 8 milhões de toneladas”, afirmou. “O Brasil tem conseguido ocupar fatia significativa do mercado chinês, com 30% da importação. O potencial é muito grande, não podemos ficar por aí”, avaliou.

A política da China, segundo ele, prevê a busca pela autossuficiência nos principais alimentos, sobretudo de arroz e trigo, mas admite a maior dependência do mercado internacional para a demanda de outros itens e derivados. “A China tem urbanização intensa, temos a maior classe média do mundo com 400 milhões de pessoas. Vamos ter maior demanda, de outros itens e derivados. “A China tem urbanização intensa, temos a maior classe média do mundo com 400 milhões de pessoas. Vamos ter maior demanda, sofisticação e diversificação por produtos agropecuários”.

Fonte: Valor Econômico, adaptado pela equipe feed&food

Veja também

Carne bovina/Abrafrigo: exportação total em junho é recorde de 172,4 mil t (+28%)08/07/20 A exportação total de carne bovina (in natura e processada) atingiu recorde de 172.361 toneladas em junho, representando crescimento de 28% em comparação com igual mês do ano passado (147.290 t). A receita cambial no mês passado aumentou 48%, no período, de US$ 528 milhões para US$ 743 milhões. As informações são da......
ABRA palestrará em Webinar da FIRA07/04 Na próxima quinta-feira (08), às 15h, o presidente Executivo da ABRA, Decio Coutinho, participará como convidado de um webinar promovido pela Feira da Indústria de Reciclagem Animal (FIRA). O evento terá como tema......

Voltar para Notícias (pt)