21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 28 de Julho às 11h23

Cresce exportação de frango halal

Notícias do Setor (210)
EXPOMEAT 2021 A relação entre o Brasil e os países árabes possuem um potente pilar de sustentação, a certificação halal. Graças a ela, o País exportou, durante o primeiro...

A relação entre o Brasil e os países árabes possuem um potente pilar de sustentação, a certificação halal. Graças a ela, o País exportou, durante o primeiro semestre de 2020, quase 1 milhão de toneladas de frango à região.

De acordo com o CEO da Cdial Halal, Ali Saifi, o mundo árabe possui grande importância para economia nacional. “É um mercado extremamente promissor e precisamos estreitar cada vez mais as relações bilaterais, para que este mercado se desenvolva com todo o potencial disponível”, contou Saifi, complementando que “o Brasil é um parceiro comercial respeitado, principalmente, quando o assunto é proteína animal".

Contudo, como tabém explica o CEO, é preciso traçar novas estratégias de cooperação para não perder o foco, que é atender as demandas de mercado. “É importante manter nossa resiliência e continuar com controles sanitários rígidos, buscar e ampliar as oportunidades de negócio”, afirmou..

PANORAMA

Entre janeiro e junho, como expôs o levantamento realizado pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), exportações de frango halal foram positivas. Período somou 922,2 mil toneladas de proteína embarcada. Os principais destinos foram a Arábia Saudita (204..330 toneladas); Emirados Árabes (153.710 toneladas); Kwait (64.679 toneladas); Iemen (52.812 toneladas) e Catar (42.478 toneladas).

Ainda segundo o relatório, o total de frango com certificação halal exportado pelo Brasil é responsável por em média 40% das exportações brasileiras de carne de frango (in natura e processados).

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food

Veja também

Agroindústrias da Serra catarinense terão mais facilidade para vender no mercado nacional30/01 As auditorias para adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA) passarão a ser feitas pelo Consórcio Intermunicipal da Serra Catarinense (Cisama). A mudança traz mais agilidade para o processo sem perder o foco na qualidade dos alimentos. Antes elas eram feitas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento......

Voltar para Notícias (pt)