EXPOMEAT
É ADIADA PARA 2022

Em breve divulgaremos a nova data que está sendo negociada junto ao Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 12 de Janeiro às 15h03

Em 5 dias úteis, BR bate em mais de 30% total exportado e faturado de carne suína em janeiro/20

Notícias do Setor (652)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal De acordo com informações da Secretaria de Comércio Exterior (Camex) do Governo Federal, as exportações de...

De acordo com informações da Secretaria de Comércio Exterior (Camex) do Governo Federal, as exportações de carne suína fresca, congelada ou resfriada nos primeiros cinco dias úteis de janeiro teve resultados positivos frente à janeiro de 2020 e melhor ritmo em relação à última semana de dezembro, com exceção do preço pago por tonelada.

Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Iglesias, a carne suína brasileira está muito competitiva no mercado externo devido à desvalorização do Real, o que afeta também nos números do preço pago por tonelada.

"Entretanto, os volumes comercializados são muito bons, já que a China está trabalhando nos estoques da proteína suína para a comemoração do Ano Novo Lunar", explicou.

O faturamento por média diária na primeira semana de janeiro foi de US$ 9..903,808, quantia 43,06% maior do que janeiro de 2020. No comparativo com a semana anterior, houve aumento de 24,86%.

No caso das toneladas por média diária, foram 4.250,511, avanço de 57,89% no comparativo com o mesmo mês de 2020. Quando comparado ao resultado no quesito da semana anterior, observa-se alta de 29,43%.

Já o preço pago por tonelada, US$ 2.330,027 nos cinco primeiros dias úteis do mês, é 9,39% inferior ao praticado em janeiro passado. O resultado, frente ao valor praticado na semana anterior, representa queda de 3,52%

A receita obtida com as exportações de carne suína nos cinco dias úteis de janeiro, US$ 49.519,041, representa 32,5% do montante obtido em todo o mês de janeiro de 2020. No caso do volume embarcado, as 21.252,559 toneladas são 35,88% do total exportado em dezembro do ano passado.

Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também

SC quer produzir mais carne bovina12/01 O fim de ano foi marcado por queixas generalizadas de consumidores em relação ao preço das proteínas, especialmente a carne bovina. A seca em várias regiões produtoras do País comprometeu as pastagens e afetou o desempenho da bovinocultura de corte. Ao mesmo tempo, o aumento dos insumos (milho, farelo de soja, sal mineral etc.) elevou os custos de......
Sindiavipar anuncia novo presidente04/08/20 O Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) elegeu o atual presidente da Lar Cooperativa Agroindustrial, Irineo da Costa Rodrigues, como novo presidente da associação. Rodrigues......

Voltar para Notícias (pt)