Notícias

Postado em 11 de Dezembro de 2019 às 18h07

Korin é homenageada na Câmara dos Deputados em Brasília

EXPOMEAT 2019 A Korin, conhecida por produzir e comercializar linhas orgânicas e sustentáveis de origem animal e vegetal, foi laureada em sessão solene na terça-feira (03) no Plenário Ulysses Guimarães,...

A Korin, conhecida por produzir e comercializar linhas orgânicas e sustentáveis de origem animal e vegetal, foi laureada em sessão solene na terça-feira (03) no Plenário Ulysses Guimarães, Câmara dos Deputados em Brasília (DF), pelos 25 anos de dedicação à agricultura natural, baseada na filosofia do pensador japonês Mokiti Okada (1882-1955).

A empresa baseia toda a produção no método agrícola sustentável de Okada, que foi quem preconizou a forma de cultivo e criação no Brasil, com um sistema que respeita o agricultor, vivifica o solo e não utiliza adubos químicos ou agrotóxicos.

Pioneira no Brasil na produção de frangos e ovos livres de antibióticos, a Korin também oferece carne bovina de animais criados a pasto nativo e sem adição de ureia na alimentação. Toda a produção da empresa é realizada por cooperativas e pequenos e médios produtores, incentivando a agricultura familiar e integrando valores ecológicos e sociais para garantir não apenas a qualidade dos produtos, mas também sua qualidade de origem. No ano de 2017, foi considerada a empresa Top of Mind em orgânicos, segundo pesquisa encomendada pela Organis e publicada pelo jornal Valor Econômico.

Para o diretor-superintendente da empresa, Reginaldo Morikawa, o reconhecimento é muito importante, já que foram muitos os desafios para se estabelecer no mercado. “Como todo começo, tivemos que transpor diversos obstáculos, mas hoje, 25 anos depois, sentimos a transformação do segmento e nos orgulha muito saber que fazemos parte desse movimento que visa a saúde do planeta. Por isso, temos muito o que agradecer a todos os atores que fizeram com que esse sucesso fosse possível e coroado com o importante reconhecimento do governo brasileiro”, disse Morikawa em nota.

Fonte: Carnetec

Veja também

Rabobank espera alta de 20% na exportação de carne suína do Brasil pra China em 201831/01/18 As vendas de carne suína brasileira para a China podem crescer 20% em 2018, diante do aumento da oferta e competitividade do produto brasileiro, estimam analistas do Rabobank em relatório divulgado na terça-feira (30). As importações totais de carne suína pela China tendem a aumentar cerca de 6% em 2018, após queda significativa em 2017, quando o país......
Abates de frango no Paraná sobem 7,1% no 1º semestre e batem recorde28/07 Frigoríficos no Paraná, maior estado produtor de carne de frango do Brasil, abateram 984,7 milhões de aves no primeiro semestre deste ano, 7,1% acima da produção do mesmo período do ano passado e o melhor resultado......
JBS estima alta em vendas com nova linha de pescados17/04/18 A JBS S.A. está lançando uma linha de pescados congelados para os segmentos de varejo e food service, com a qual espera elevar em 25% o volume de vendas da marca Do Chef Friboi, anunciou a empresa na segunda-feira (16). O lançamento......

Voltar para Notícias (pt)