EXPOMEAT
É ADIADA PARA 2022

Em breve divulgaremos a nova data que está sendo negociada junto ao Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 15 de Setembro às 11h13

Mapa e Esalq/USP firmam acordo para aprimorar ações de defesa agropecuária

Notícias do Setor (652)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Secretaria de Defesa Agropecuária, e a Universidade...

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Secretaria de Defesa Agropecuária, e a Universidade de São Paulo (USP), representada pela Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq), assinaram termo de cooperação técnica que tem como objetivo a geração de inteligência, conhecimentos e inovação para o aprimoramento das ações da defesa agropecuária brasileira, informou o Mapa em nota na quarta-feira (08).
“A modernização e a melhoria na prestação dos serviços de defesa agropecuária deve ser uma busca permanente, impulsionada pelas demandas do setor e da sociedade, para oferecermos serviços e fiscalizações com a qualidade adequada”, disse na nota o secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, José Guilherme Leal.
A cooperação visa apoiar a prestação de serviços e as ações de fiscalização da defesa agropecuária por meio do desenvolvimento de soluções tecnológicas que permitam a adoção de inovações e a modernização das atividades, a realização de estudos e pesquisas, e a geração de índices, indicadores e modelos preditivos que ofereçam suporte técnico para o aprimoramento de suas ações.
Está previsto também o intercâmbio de servidores públicos, funcionários e pesquisadores associados para ações específicas e a realização de capacitação e troca de pesquisa e de ensino.
Segundo o Mapa, os serviços de defesa agropecuária são amplos e incidem sobre todo o setor. "Com isso, espera-se que as soluções tecnológicas apresentadas, a partir deste acordo de cooperação, sejam inovadoras e permitam a modernização das atividades de regulação normativa, prestação de serviços e fiscalização, beneficiando a agropecuária brasileira."
O Acordo de Cooperação Técnica firmado entre as instituições tem o prazo de cinco anos para execução das atividades previstas no Plano de Trabalho, podendo ser prorrogado, mediante a celebração de aditivo, finalizou o ministério.
Fonte: CarneTec

Veja também

Carne Angus Certificada fecha números de exportação de 202016/02 Com foco nos embarques para a China, a exportação de Carne Angus Certificada atingiu novo recorde em 2020. Conforme dados apurados pela Associação Brasileira de Angus, foram enviadas ao mercado externo 597,716 toneladas de Carne Angus ao longo do ano. Os chineses abocanharam 42,7% desse montante, adquirindo 255 toneladas. “Nos últimos anos, a Angus vinha avançando nos......
Demanda por certificação halal tende a crescer30/04/20 Em meio à turbulência do atual cenário, o mercado halal segue em expansão. Para a Organização da ONU para Alimentação e Agricultura (FAO), se o ritmo de consumo continuar, o mundo precisará de 60%......

Voltar para Notícias (pt)