21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 01 de Setembro às 10h47

Marfrig lança carne bovina “carbono neutro”

Notícias do Setor (228)
EXPOMEAT 2021 A Marfrig Global Foods anunciou uma nova linha de cortes de carne bovina oriundos de gado criados em sistema de produção que neutraliza emissões de metano, a Viva Carne Carbono Neutro, informou a empresa em...

A Marfrig Global Foods anunciou uma nova linha de cortes de carne bovina oriundos de gado criados em sistema de produção que neutraliza emissões de metano, a Viva Carne Carbono Neutro, informou a empresa em webinar.

A carne tem a certificação carbono neutro desenvolvida pela Embrapa, que é um selo para carnes produzidas em sistemas de integração do tipo silvipastoril (pecuária-floresta) ou agrossilvipastoril (lavoura-pecuária-floresta, ILPF).

Por meio desse sistema, gases do efeito estufa produzidos no processo de produção das carnes são neutralizados pela plantação de árvores. A Viva Carne Carbono Neutro da Marfrig é produzida em parceria com a Fazenda Santa Vergínia, em Mato Grosso do Sul.

“A gente acredita que esse produto tem um mercado potencial enorme e vai fazer muito sucesso aqui (no Brasil) e quiçá, daqui a pouco, quando tivermos um aumento da produção deste produto específico, ele vá ganhar o mundo, principalmente mercados mais exigentes como o europeu e americano”, disse o diretor de Sustentabilidade da Marfrig, Paulo Pianez.

Os cortes da nova linha Viva Carne Carbono Neutro são embalados a vácuo e incluem maminha, contrafilé, entrecote, baby beef, entre outros, nas opções resfriada ou congelada.

O novo produto estará inicialmente disponível para vendas nas redes de supermercados Pão de Açúcar, mas a Marfrig pretende expandir a distribuição para outros mercados no futuro.

Entre o fim de 2020 e início do ano que vem, a companhia também pretende lançar uma linha de carnes de baixo carbono no Brasil, segundo Pianez.

A nova linha de carnes carbono neutro é parte do programa Plano Marfrig Verde+ lançado em julho, que visa o desenvolvimento da pecuária sustentável e busca eliminar o desmatamento na cadeia de produção da companhia até 2030.

A Marfrig também anunciou na quinta-feira que visa reduzir suas emissões de gases do efeito estufa diretas em 43% até 2035 e cortar as emissões indiretas em 35%.

Fonte: CarneTec

Veja também

Exportação brasileira de carne suína para China sobe 252% em janeiro13/02 O Brasil exportou 68,5 mil toneladas de carne suína em janeiro, aumento de 41% em relação ao mesmo mês do ano passado, sendo que a China comprou 45% deste total, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). A China importou 30,6 mil toneladas de carne suína brasileira no mês passado, uma alta de 252% em relação ao......

Voltar para Notícias (pt)