21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 18 de Agosto às 11h12

Marfrig planeja duas novas linhas de produção de hambúrgueres em Várzea Grande em setembro

Notícias do Setor (228)
EXPOMEAT 2021 A Marfrig, maior produtora de hambúrgueres do mundo, pretende colocar em funcionamento duas novas linhas de produção de hambúrgueres em seu complexo de produção de Várzea Grande (MT)...

A Marfrig, maior produtora de hambúrgueres do mundo, pretende colocar em funcionamento duas novas linhas de produção de hambúrgueres em seu complexo de produção de Várzea Grande (MT) em setembro, disse executivo da empresa em teleconferência com analistas na semana passada.

“Nós temos planos, em 2020 e 2021, de seguir investindo capex [investimento em bens de capital] na área de processados”, disse o presidente das operações da companhia na América do Sul, Miguel Gularte.

“Temos agora, previsto para o mês de setembro, o funcionamento de duas novas linhas na fábrica de Várzea Grande para produção de hambúrgueres.”

O executivo disse que a empresa intensificou investimentos no setor de processados em 2019, elevando a participação deste segmento na receita da companhia para 10%.

Esses investimentos colocaram a empresa numa posição favorável para atender o setor de delivery (entregas), que tem verificado aumento na demanda durante a pandemia.

“Durante a pandemia, houve um crescimento exponencial da parte de delivery, e o produto do delivery basicamente é o hambúrguer”, disse Gularte.

O executivo disse que o setor de alimentos processados oferece maiores margens para a empresa do que o de carne in natura.

A Marfrig informou na semana passada que teve um lucro líquido de R$ 1,6 bilhão no segundo trimestre, seu melhor resultado histórico.

Fonte: Carnetec

Veja também

Demanda asiática sustenta ritmo de produção de carne suína brasileira28/04 O ritmo de produção de carne suína brasileira neste ano está similar àquele observado há um ano, e até superior em algumas regiões, impulsionado pela forte demanda chinesa, informou o Rabobank em relatório na segunda-feira (27). Frigoríficos exportadores de carne suína continuam lucrativos dada a crescente demanda asiática e a......

Voltar para Notícias (pt)