Notícias

Postado em 19 de Fevereiro de 2019 às 16h40

Ministra se reúne com produtores de camarão

Nome Categoria (67)

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) continua viagem de trabalho pelo Nordeste, em Pendências (RN), na Fazenda Potiporã, a de maior produção de camarão do país.

Em 2015, a doença conhecida como mancha branca chegou a dizimar a produção na fazenda. A empresa foi vendida, ampliada, replanejada e, no ano passado, adotando maiores cuidados com a qualidade da água e da alimentação, passou a produzir mais do que antes de enfrentar o problema.

A ministra ainda se reuniu no município, na sede da indústria da Potiporã, com dirigentes da Associação Brasileira de Criadores de Camarão, que teve representantes do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas, Sergipe e Bahia. A atividade envolve 3 mil empreendimentos, 30 mil.empregos diretos e cem mil empregos indiretos.

A produção do setor no ano passado foi de 77 mil toneladas destinada ao mercado nacional, com faturamento de R$ 3 bilhões. Mas, de acordo com o presidente da associação, Cristiano Peixoto Maia, no próximo ano o produto deverá passar também a ser exportado para os Estados Unidos, União Europeia e China. Entre os associados da entidade, segundo ele, 77% são pequenos produtores.

“Temos de apoiar, e não dificultar, os empreendimentos”, disse a ministra, acrescentando ser importante que o dinheiro do investidor não fique parado, mas na atividade produtiva e na geração de renda. “Queremos ser um facilitador, destravar o setor, dificultando o mínimo possível. E simplificar, sem precarizar. Vamos fazer juntos, os Três Poderes e a iniciativa privada”.

EXPOMEAT 2019 Ministra Tereza Cristina com diretores da Associação Brasileira de Produtores de Camarão

Ministra Tereza Cristina com diretores da
Associação Brasileira de Produtores de Camarão

Veja também

Unidades da Marfrig no Uruguai são habilitadas para exportar para o Japão11/02/19 A Marfrig Global Foods, uma das companhias líderes globais em carne bovina, informa que suas unidades instaladas nas cidades uruguaias de Colonia, San José, Tacuarembó e Salto foram habilitadas a exportar carne bovina in natura para o Japão. "Trata-se de uma excelente oportunidade para a companhia no Uruguai, que após 19 anos volta atender esse mercado, que mantém......
COPACOL: Faturamento em 2018 foi de R$ 3,841 bilhões05/02/19 Com a participação expressiva dos cooperados, a Cooperativa realizou na sexta-feira, 1º de fevereiro, a sua AGO (Assembleia Geral Ordinária), na Aercol em Cafelândia. Além da prestação de contas referente......

Voltar para Notícias (pt)