EXPOMEAT
de 15 a 17 de Março de 2022

Das 14h às 20h
Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 20 de Julho às 19h06

Nova linha EFAN de tripas artificiais sustentáveis para a indústria Cárnica

Novidades do Expositor (172)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A linha de produto EFAN (tripas Viscofan ecologicamente corretas) produzidas pela Viscofan, líder mundial em tripas para produtos...

A linha de produto EFAN (tripas Viscofan ecologicamente corretas) produzidas pela Viscofan, líder mundial em tripas para produtos cárnicos, representa um importante pilar de seu compromisso com um mundo sustentável, de forma que o impacto ao meio ambiente seja reduzido ao máximo sem afetar o alto padrão de qualidade de nossos produtos. Ao trabalhar em forte colaboração com fornecedores de matéria-prima e clientes, agora são oferecidas tripas plásticas certificadas que atendem a uma ou mais das seguintes propriedades:
a) Redução de peso da tripa plástica sem afetar sua performance.
b) Produzidas com matérias –primas que são atribuídas a recursos renováveis – chamados de plásticos de origem vegetal.
c) Produzidas com matérias –primas que são atribuídas a reciclagem avançada de plásticos já utilizados (também conhecida como reciclagem química), plásticos já utilizados provenientes da indústria ou dos consumidores.

O uso do plástico já está em discussão por um longo tempo. Predominantemente pelo fato do (micro) plástico exigir a redução do uso do plástico em geral. Entretanto, as embalagens plásticas para alimentos contribuem no enorme desafio de combater o desperdício de alimentos, ao mesmo tempo que apresentam menor emissão de carbono durante seu tempo de vida em comparação com outros materiais de embalagem. De acordo com o UNEP Food Waste Index Report 2021, cerca de 17% da produção global de alimentos foi desperdiçada no ano de 2019 (https://www.unep.org/resources/report/unep-food-waste-index-report-2021).

Além do benefício inerente das tripas plásticas de preservar os alimentos embutidos para obter um longo tempo de vida útil e assim, reduzir o desperdício de alimentos, a nova linha EFAN está ajudando na redução do uso de matérias-primas de origem fóssil e ao mesmo tempo evitando o esgotamento dos recursos naturais bem como reduzindo o acúmulo de resíduos plásticos. Entre as várias linhas de pesquisa da Viscofan para redução da emissão de carbono de seus produtos mantendo o valor agregado para os negócios de processamento de carnes, EFAN é uma linha de produtos que reduz o impacto ao meio ambiente sem que ocorra a perda da conhecida alta qualidade das tripas Viscofan.

Plásticos produzidos com matéria-prima de origem vegetal ou a partir de reciclagem química são, em nível molecular, iguais as suas versões de origem fóssil. Apenas a fonte da matéria-prima inicial que é alterada: de petróleo ou gás natural para resíduos agrícolas ou plásticos utilizados, respectivamente. Por serem matérias-primas semelhantes podem ser alimentados nos mesmos reatores químicos que produzem os plásticos e manter as mesmas propriedades de seus equivalentes de origem fóssil, incluindo o mesmo nível de aprovação para o contato com alimentos. Portanto, os tripas plásticas produzidas com esses materiais se comportam da mesma maneira que as tripas convencionais produzidas com plástico de origem fóssil, porém com o incremento de sustentabilidade.

A Viscofan está trabalhando com seus fornecedores e clientes para ser líder em tripas sustentáveis, expandindo rapidamente o número de tripas disponíveis que podem ser oferecidas sob a marca EFAN. Hoje, o fornecimento de matérias-primas de origem vegetal e reciclada quimicamente é limitado em comparação com as matérias-primas de origem fóssil. Além disso, os custos são maiores nesta fase inicial de consolidação da infraestrutura necessária para a geração dessa matéria-prima. No entanto, a Viscofan e seus fornecedores estão empenhados em apoiar o uso de materiais de origem vegetal e reciclados quimicamente para satisfazer essa crescente demanda.

Assim como realizado com outras indústrias, a Viscofan também é certificada com uma contabilização do balanço de massa, garantindo que ao longo de toda cadeia de suprimentos apenas uma certa quantia de produtos de origem vegetal ou reciclados quimicamente podem ser vendidos, de acordo com a quantia de matéria-prima que foi adicionada no ínicio do processo. Dessa forma, esses produtos com baixa emissão de carbono e mais sustentáveis podem ser oferecidos ao mercado em quantidades crescentes, utilizando os equipamentos disponíveis enquanto ao mesmo tempo constrói-se a infraestrutura necessária para alcançar as capacidades de produção em escala mundial dessa matéria-prima.

Para a certificação da contabilização do balanço de massa, a ISCC (International Sustainability and Carbon Certification, https://www.iscc-system.org/) é um dos mais renomados programas de certificação de sustentabilidade, presente em diversas áreas da economia (agricultura sustentável, combustíveis de origem vegetal, etc.) e apoiado por um grande grupo de interessados, incluindo ONGs como a WWF. A planta produtora localizada em ?eské Bud?jovice na República Tcheca é a primeira unidade da Viscofan (e a primeira fábrica de tripas plásticas no mundo) a obter a certificação ISCC+, que se adapta as companhias comprometidas com uma economia circular e uma bioeconomia. Em um futuro próximo, outras unidades da Viscofan também serão certificadas.

Os esforços para termos negócios mais sustentáveis não param por aí. A Viscofan está continuamente trabalhando na otimização de seus produtos para reduzir a quantidade necessária de plásticos utilizados para cada kg de alimento embalado com suas tripas, através de pesquisa de novos materiais e otimização de processos para alcançar o equilíbrio entre proteção dos alimentos embutidos e emissão de carbono e minimização dos resíduos plásticos.

A nova linha EFAN evidencia o grande compromisso da Viscofan em trabalhar duro para um futuro sustentável e em direção a uma economia circular na indústria das tripas artificiais por meio da colaboração de seus fornecedores e clientes. Esses novos produtos estão agora disponíveis para os clientes.

Assista o video: https://www.youtube.com/watch?v=vqOU253nr_M


 

Veja também

Organizadores da Expomeat 2021 realizam reunião com a ABRA – Associação Brasileira de Reciclagem Animal18/08/20 Os organizadores da Expomeat: Cledson Fernandes, Maria Antonia S. Ferreira e José Sevieri realizaram reunião com o presidente Executivo da ABRA, Decio Coutinho, o consultor de Eventos, Nuno Furtado e a assessora de Comunicação, Fernanda Finkler. O objetivo foi tratar sobre a participação da associação na feira que será realizada em setembro de......

Voltar para Notícias (pt)