21 A 23
DE SETEMBRO DE 2021

Das 14h às 20h

Pavilhão de Exposições Anhembi - São Paulo/SP

Notícias

Postado em 08 de Dezembro de 2020 às 10h22

Rabobank espera recuperação da demanda doméstica por carne bovina

Notícias do Setor (435)
EXPOMEAT 2021 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal O Rabobank disse na quarta-feira (02) que espera recuperação no consumo doméstico de carne, com a melhora das...

O Rabobank disse na quarta-feira (02) que espera recuperação no consumo doméstico de carne, com a melhora das condições econômicas no Brasil e o início da estação mais quente.

“Esperamos que o ritmo das exportações continue nos próximos meses, principalmente para a China, à medida que se aproxima o Ano Novo Chinês, que geralmente apresenta um aumento na demanda”, disse o Rabobank em relatório.

“A demanda doméstica também deve melhorar com a chegada de um clima mais quente. Juntos, esses (fatores) devem manter os preços elevados do boi gordo e da carne bovina.”

O consumo doméstico de carne bovina em 2020 foi reduzido pelos impactos das medidas de isolamento social e fechamento temporário de restaurantes, relacionadas à pandemia de covid-19. Por outro lado, as exportações aumentaram, impulsionadas principalmente pela demanda asiática.

Apesar do fraco consumo no mercado interno, a baixa disponibilidade de gado pronto para o abate elevou preços da arroba no Brasil, que em outubro estavam 62% acima do registrado um ano antes.

Segundo o Rabobank, os preços de carne bovina no varejo em setembro estavam 11% acima dos registrados em janeiro. Já os preços da carne bovina no atacado tinham subido 26% na mesma base de comparação.

“Um menor aumento de preço para a carne bovina ao consumidor tem sido possível devido aos grandes ganhos de margem dos exportadores (que estão vendendo maiores volumes a valores mais altos) e também aos elevados volumes vendidos pelos setores de atacado e varejo devido ao fechamento temporário dos canais de food service”, disse o Rabobank em relatório.

O banco estima que a produção de carne bovina brasileira no segundo semestre aumentará ligeiramente após uma queda de 5% no primeiro semestre..

Fonte: CarneTec

Veja também

BRF de Capinzal conquista ISO 45001, área de gestão de saúde e segurança ocupacional16/02 A unidade de Capinzal (SC) da BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, conquistou mais uma certificação internacional que reconhece a sua excelência em sistema de gestão de saúde e segurança ocupacional, por meio da ISO 45001, informou a BRF. A planta catarinense garantiu ainda a manutenção das certificações ISO 9001, que avalia......

Voltar para Notícias (pt)