EXPOMEAT
É ADIADA PARA 2022

Em breve divulgaremos a nova data que está sendo negociada junto ao Pavilhão de Exposições Anhembi

Notícias

Postado em 16 de Junho às 10h38

Marfrig anuncia redução de 30% no consumo de água em suas operações

Notícias do Setor (652)
EXPOMEAT 2022 - lll Feira Internacional da Indústria de Processamento de Proteína Animal e Vegetal A Marfrig informou na terça-feira (08) que reduziu em 30% o consumo de água em suas operações em 2020. O resultado...

A Marfrig informou na terça-feira (08) que reduziu em 30% o consumo de água em suas operações em 2020. O resultado rendeu à companhia um lugar na “A-List” do Carbon Disclosure Project (CDP), reconhecimento às empresas líderes em transparência e ação ambiental.

As boas práticas adotadas fizeram com que a Marfrig se destacasse em segurança hídrica, disse em comunicado a empresa, que também anunciou planos para avançar ainda mais na gestão da água. "Até 2035, a meta é reduzir em mais 20% o consumo do recurso por tonelada produzida."

Para isso, a Marfrig afirma envolver toda a cadeia por meio de administração de indicadores e de campanhas de conscientização. Há uma diretriz única de gestão do uso da água para todas as unidades da empresa, que considera a análise dos riscos hídricos e a melhoria contínua da eficiência, além do monitoramento e engajamento de fornecedores.

Segundo Paulo Pianez, diretor de Sustentabilidade e Comunicação da Marfrig, o uso racional da água é a prioridade da companhia na área da gestão de recursos hídricos. “Todas as nossas unidades realizam medições do volume de água captada, observando as exigências das agências ambientais de cada país em que atuamos. Essas medições nos ajudam a avaliar e gerenciar os mananciais disponíveis”, disse o executivo no comunicado.

ANIMAIS ABATIDOS VERSUS ESCASSEZ HÍDRICA
A Marfrig informou que também promove o envolvimento e conscientização dos fornecedores diretos e indiretos para a preservação de florestas e Áreas de Preservação Permanente (APPs), com atenção redobrada às áreas de mananciais. Trabalho que ganhou reforço neste ano, com a implantação do processo de monitoramento do volume de animais abatidos provenientes da escassez hídrica.

“Com os dados da Agência Nacional de Águas e a localização das propriedades que nos fornecem animais, traçamos as melhores estratégias de como abordar os produtores para envolvê-los no processo de recuperação e preservação das áreas”, disse Pianez.

Os recentes resultados de sustentabilidade da Marfrig são efeitos de uma operação que, segundo a empresa, evolui a cada dia. "Nesse contexto, a companhia aposta em ampliar esses impactos positivos nas operações para manter e recuperar a biodiversidade das regiões em que atua, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico", finalizou a Marfrig na nota.

Fonte: CarneTec

Veja também

ABRA marca presença na inauguração da nova fábrica do Grupo SSA em Goiás05/03/20 O grupo São Salvador Alimentos (SSA) inaugurou a nova e moderna fábrica em Nova Veneza/GO, a 40 quilômetros de Goiânia, a empresa já investiu nesta primeira etapa R$255 milhões de um total de de R$ 450 milhões previsto no projeto. A fábrica com capacidade inicial para processar 60 mil aves/dia e capacidade máxima de 320 mil aves/dia. A nova fábrica......

Voltar para Notícias (pt)